sexta-feira, 11 de março de 2011





Alguém me diga que vai acabar bem. Alguém me abrace, mande eu ser forte. Alguém me tire daqui, e diga alguma palavra de esperança. O que são lágrimas afinal? O que há por trás da angustia? da dor? Da desesperança, da confusão, do tormento, brigas, do desamor? Estou no quarto está noite, o copo está cheio, e não ligo se me encontrarei na beira de um mar traiçoeiro com a maquiagem borrada. Doloroso é os batimentos do meu coração. Arranhão dentro do peito. 
Ocorreu um erro neste gadget