terça-feira, 17 de abril de 2012

E todos os cantos da casa me lembram você, de todas as risas, dos abraços, de olhar, de lavar os pratos e jogar espuma em você, de ser obrigada a entrar no mar, dos fiascos em publico, de te melar de torta de limão no meio do shopping, de tirar onda com sua cara, de andar e acompanhar seus passos, de adormecer em teus braços, de querer te matar, inventar apelidos bobos, ver filme com a webcam ligada, juntar desesperada dinheiro, poder contar no fim do dia como eu estou, como foi meu dia, poder te ajudar com o violão, caminhar na praia ao seu lado, lutar contigo na areia, poder ter motivos para acordar, motivos seguir, realizar tudo o que sonhei, e sonho pra nós dois…. Sem isso não sobra mais nada.
Eu acho que não sabia o que era vazio, até agora. É um buraco sugando meu coração. Dor assim, eu nunca senti. Nenhuma tristeza se compara…nenhuma dor, nada…E não há ninguém que entenda essa obsessão, essa dor, esse amor…que eu chego  a pensar que é doentio, egoísta…Ah essa dor, anormal, forte que está me destruindo aos poucos, é tanta dor. Nunca em senti tão infeliz.

sexta-feira, 2 de março de 2012

fix me

Estranho essas mudanças em mim. Não faço mais questão de algumas pessoas, de lugares, de coisas. Não faço questão de ir falar com certas pessoas ou de te-las em minha vida. Talvez eu tenha aberto os olhos, e agora sei identificar quem vale a pena ou não. Cansei de hipocrisia ao meu redor, de lugares, pessoas e momentos fúteis, sem valor nenhum para mim. Acho que a medida que fui, não posso dizer ” crescendo” mas em alguns anos, meses, pouco tempo..Eu amadurece„ descobrir coisas, senti coisas,  aprendi, e hoje sei o que quero, e quem quero na minha vida. E por mais que possa doer, eu vou seguir em frente, deixando ou não certas coisas…Mudando minha historia, a paisagem, e personagens. 
Não sei exatamente o que me tornei. Não sei mais o que é ser ingenua...não sei enxergar tanta bondade nas pessoas, sem más intenções por trás.  Não sei mais ser tão boazinha. Talvez eu esteja me corrigindo, e criando maneiras de não sofrer mais. Me proteger das pessoas... Nem todo abraço que tu vai receber será verdadeiro, nem todo sorriso que te derem sera de coração... Aprendo a cada dia andar com os olhos bem aberto, a cada passo a acada um que se aproximar de mim. Quem feri não é a vida, e sim as pessoas erradas nela. 

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012



''01. Não seja apenas mais uma no mundo. Não seja a garotinha que sua mãe sonhou, mas sim a mulher que você realmente deseja ser. Não siga os padrões, não siga a moda e não use a maquiagem que suas amigas usam. Tenha personalidade o bastante para ditar suas próprias regras e seu próprio destino. Escolha sua profissão de acordo com seus gostos pessoais, e não ligue se alguém disser que aquilo é trabalho de homem.

02. Se vista da maneira que achar melhor. Pode parecer estranho, e contra os padrões impostos nos dias de hoje, mas as roupas que você usa são totalmente irrelevantes. Criou-se um paradigma que diz que garotas que usam roupas curtas são mais fáceis que garotas que usam roupas longas. Não passa de ladainha. O caráter é uma qualidade que vai muito além de padrões estéticos. Se você se sente bem usando mini-saia, quem são os outros pra dizer que isso é errado?

03. Não se case por dinheiro. Escolher o seu futuro marido através da quantidade de dinheiro que ele possui é uma espécie de atestado de inutilidade, e só demonstra que você não tem capacidade alguma para crescer sozinha. E isso não vale apenas para o casamento. Namorar um cara apenas pelo fato de ele ter um carro equivale a se casar por dinheiro. É como se você vendesse o próprio corpo em troca de bens materiais. E nós sabemos muito bem que tipo de mulher faz isso, não sabemos?

04. Não ceda a pressões externas. Não use salto apenas porque as pessoas acham bonito. Não vá dançar funk apenas porque suas amigas também vão. Não perca sua virgindade apenas porque seu namorado é apressado. Se você for capaz de viver a sua vida da maneira que julgar melhor, sem ceder a nenhuma interferência por parte das pessoas, então você prova o seu valor e mostra o quanto é forte e determinada.

05. Se esforce para dirigir bem. E esfregue isso na cara do primeiro imbecil que disser que mulher não dirige bem. Acabe com o velho paradigma de que as mulheres não são tão capazes quanto os homens. Hoje as mulheres são maioria em diversos setores da sociedade e mostraram que são boas o bastante para disputar o seu espaço junto aos homens. Afinal, se uma mulher se tornou presidente da república, quem são eles para dizerem o que elas são ou não capazes?

06. Dê valor ao garotos que realmente gostam de você, e não para os que só se aproximam para espiar o seu decote. A maioria das decepções são causadas por caras que pensam única e exclusivamente em “pegar” o maior número de garotas que conseguir para se gabar para os amigos. E nessa disputa, as mulheres se tornam objetos, números, estatísticas. Você é muito mais do que isso.

07. Saiba ter atitude. Mulheres de atitude chegam a ser sexys. Demonstram força, vontade e determinação. Garotas que sabem o que querem e lutam por isso são incríveis. Não seja insegura. Ir conversar com aquele garoto que você está afim não faz de você uma pessoa atirada, ao contrário do que muitos dizem.

08. Não seja uma menina, seja uma mulher. Aja como tal, e saiba da responsabilidade que isso implica. Tenha como meta a felicidade e não sossegue enquanto não atingí-la. Seja vaidosa, cuide de si mesma, perca horas se arrumando, mas não esqueça de cuidar daquilo que você tem acima do pescoço. Lembre-se que seu corpo pode atrair um homem, mas são as suas ideias e a sua forma de pensar que irão determinar se ele irá continuar por perto ou não.''

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

busque em você o seu verdadeiro eu.

busque em você o seu verdadeiro eu.

Eu queria ser forte sempre, porque fico me esforçando pra ser quando necessário, e acabo acumulando toda a minha fraqueza.
Peço todos os dias para que essa fraqueza adormeça, mas um dia ela falara mais alto e não terei recursos para segura-la.
Procuro juntar todas as qualidades, chegar ao topo do orgulho, e mostrar que mesmo sozinha a força me domina. Mas penso, orgulho é uma qualidade? não, ele também faz parte do defeito!
Reflito, que uma pessoa que se mostra tão forte, é sufocada por dentro por seus segredos. Segredos? São também algumas lembraças, confissões, aventuras e etc, que as vezes precisamos compartilhar com alguem que confiamos, pois se guardarmos tudo pra si mesmo, seremos uma ser humano esquecido, e vivido apenas por debaixo do pano.
Confiança, tem que ser muito bem observada e digna pela pessoa, pois se não, voce passará a não confiar nem em sua sombra, e todas essas desconfianças lhe trará algo ruim.
Busque a força em voce mesmo, se orgulhando de suas vitorias, dos seus desabafos, da sua propria auto-confiança, e assim no final de sua vida sua marca estará muito bem registrada!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Nascemos com a difícil tarefa de aprender a conviver com a gente mesmo. E quando começamos a amadurecer e entender tudo aquilo que se passa por dentro, vem o passado e mostra que nossas certezas não são tão certas assim. Então, em meio a tantas mudanças, descobri que cresci, que a antiga eu ficou la atrás e que ainda não existe uma versão atualizada de mim mesma pronta. Mas, quem é que liga pra isso? Agora, tenho metas e planos a cumprir, e isso tudo depende apenas de mim. É eu comigo mesma. Eu e todos os meus fantasmas em uma casa que não é a minha..
Ai, bate aquela saudade de tudo que passou. O medo de ter feito alguma coisa errada e a sensação de ser a culpada de tudo aquilo que não deu certo. Acredite, isso não é peso na consciência ou qualquer coisa do tipo, as vezes pode ate ser o arrependimento de não ter dito muitas coisas que era para dito. O que eu sinto é consequencia de uma palavra que algumas pessoas jamais saberão o verdadeiro significado: Amadurecer. Amar e esquecer. Perder e muitas vezes não ganhar. Tomar decisões. Afastar-se e nunca mais voltar. Simplesmente mudar.
Não é que eu estou sozinha, é que muitas vezes eu me sinto perdida. Mas algumas horas eu mesma crio responsabilidades que não são nem necessárias, um pouco também e a preocupação de não chegar aonde sempre sonhei.
Mas um conselho eu dou: Acredite, você não precisa ter medo de estar distante das pessoas, você precisa se preocupar apenas de sempre estar perto o suficiente de você mesma.

Ocorreu um erro neste gadget