quinta-feira, 8 de julho de 2010

queima dentro de mim

Você me segurou contra você. Te senti por inteiro. O meu suor se fundio com o seu. E nós se apertamos, nos completando. Mostrando o quando queríamos um ao outro. Eu não consigo para de pensar, em seu toque sua boca, teu olhar. Seu sorriso que me conquistou. Não sinto medo de me entregar, pois tudo em mim, pede você. Difícil dizer o que estou sentindo agora. O que estou pensando. Já que você ocupou minha mente insana. Não sei se despertou minhas esperanças novamente, ou se despertou um lado que eu poderia chamar de animal meu. Suas mãos explorando meu corpo com desejo, fez  minhas pernas fracas,e minha barriga embrulhar. Me deixando desnorteada em seus braços. Me segurava forte, como se não fosse me soltar, tornando-nos  um. Seus lábios descendo em meu pescoço, fez meu coração disparar. E em minha mente eu repetia '' Eu te quero, te quero'' Logo, queria ser tua também. Imaginando meu corpo nu sobre o teu. Em seu abraço me senti segura. Apenas quero te chamar de meu, vem ser meu amor. Que deixaremos todas as diferenças de lado. E eu poderei deitar ao teu lado, e te ver dormir. Queima dentro de mim desejo. Queima dentro de mim você.

terça-feira, 6 de julho de 2010

dois corpos

  Sabe quando as gotas frias da chuva, tocam seu corpo quente, quando seu coração aperta e dispara rapidamente. Quando você respira ofegante, e consegui não pensar mais em nada...Foi o que eu senti em nosso beijo. Nossos corpos estavam tão juntos, eu pudi te sentir por inteiro. E o seu calor, eu poderia sentir todos os dias da minha vida.
  Paixão, sentimento exacerbado, um sentimento de desejar,querer; O calor de dois corpos que se desejam ardentemente, e as vezes sem controle. Nossos olhos se cruzaram com fervor. Nossas respirações se tornaram uma só. Pude explorar sua boca, cada detalhe. E nossos lábios dançaram em perfeita sintonia. Com você minha voz falha.
    E me dói saber que não serei capaz de ser dona de seus olhos castanhos. Não terei seus lábios nos meus. Não serei capaz de conseguir seu coração apenas para mim. Não serei o motivo do seu sorriso, não irei fazer você esquecer tudo que te faz mal. Não sou capaz, e nem ao menos sei o porque. Somos tão diferentes, e talvez tão iguais. Não vai ser eu o motivo da sua mudança. Mas será você o motivo das minhas lagrimas, do meu desejo, da saudade. E da minha esperança de que um dia me torne capaz. E poderei ser apenas sua.

Quem dera

    Eu só queria ser menos complicada. Quem me dera não sentir  esse vazio, ou essa falta de ar. Quem dera se eu pudesse escolher outro mundo pra morar. Poder caminhar sem medo, tropeçar e ter forças para levantar. Se ter a agonia de ficar se rastejando.  Quem dera sentir o vento frio tocar meu rosto, olhar o céu no anoitecer, e poder dizer tudo que guardo aqui dentro sem ser julgada, falar tudo e ainda ser entendida. 
  Dói ser tão só, machuca. E dói ainda mais esta rodeada de pessoas e se sentir assim. E eu me sinto tola, por escrever nestes versos mudos minhas mágoas. 
   As vezes me questiono; ''se eu tivesse mais fé, será  que as coisas irão mudar?'' A cada dia me sinto fraca e o buraco negro que ocupou o lugar de meu coração, me suga cada vez mais para dentro dele. Não saber quem é, é como se não tivesse alma. Dando Lugar a Incertezas e Angustias...Vivo a procura da minha alma...
Ocorreu um erro neste gadget