segunda-feira, 25 de maio de 2009


Hoje eu percebi que me falta ar, que meu coração não bate do mesmo jeito que batia antes. olho a lua, e ela está só, me igualo a ela, em sua volta tantas estrelas, continua sozinha, Eu ando por ai fingindo ser forte para aguentar cada tristeza que guardo no peito, cada gota de sangue que escorre no meu pulso leva embora todo ódio e dor que corre em minhas veias, até que o não me reste nada, e com meu ultimo suspiro eu vá em paz. Sua lembrança não passar mais em minha mente, e quando eu olhar você vai ser apenas um figurante que ajudou a construir minha historia, e foi o causador de tanta dor, e tantas lágrimas perdidas. Por mais que saiba que dentro de mim, você vai estar, até depois da minha morte, eu me vejo forte, você ja não em faz falta, acho que fiquei himune a você, eu me heabilito desse vicio louco que me consumiu, e hoje ainda tenta me consumir, mais sou mais forte, não quero mais essa droga, apenas quero ir em paz. A cada dia minha morte se aproxima, se a cada gota de sangue, eu vejo nunca imaginei a causa da minha morte, e que hoje eu morro, pelos meus erros, pelos erros de duas pessoas, morro pelo amor que me destruiu e me mata. O seu tamanho é tão grande, que talvez não haja mais espaço para ele dentro de mim, e isso me mata. O dor, és tão cruel, e só me deixarais, quando me calares de vez, e enfim fecharei meu olhos, calma! antes, preciso dizer, oque realmente estou sentido agora, ja que não terei outra chance, é, chegou o dia da minah morte, adeus, e não esqueça nunca, estou morrendo por você, esse mundo não tem lugar para nos dois.

Um comentário:

Char * disse...

tá,eu tô chorando.parabens ._.

Ocorreu um erro neste gadget