segunda-feira, 10 de maio de 2010

Leve minha alma, eu não a quero sem você

 
  Eu realmente acho que nosso amor é eterno. Nosso amor é teimoso, pelo menos o meu, posso chama-lo assim. Teimoso. 
  Já faz tempo, se passaram poucos anos desde que  você se foi da minha realidade. O amor é o sentimento mas teimoso, mesmo quando passa, não se acaba. É assim que me sinto hoje. Já tive muitos amores depois de você. Pensei que seria impossível uma vida depois de você. Me enganei. Mas hoje estou aqui, depois de tanto tempo para lhe dizer algumas palavras que talvez você nunca chegue a ler. 
  Eu olho para o espelho, é você que eu vejo. Você ainda esta presente em  mim.  Você tem minha alma. Eu a deixei com você, e vi o que eu fiz agora.    Foram tantos erros cometidos, tantas promessas. Não quero que este seja seu fim. Pelo menos deixe-me ter uma digna despedida. Deixe-me te olhar nos olhos e te pedir perdão por tudo. Nós achávamos que nosso amor não tinha obstáculos, e erramos de novo. O amor não recua diante nenhum sacrifício.  E sem pensar nós recuamos, e deixamos levar. As mentiras, a raiva, o medo e o orgulho nós venceram. E nós que nos julgávamos fortes, seguimos caminhos diferentes. Ambos seguiram em frente, tiverem vidas totalmente diferentes, fingimos a cada dia esquecer o passado. Mesmo por um segundo. No começo era difícil, você não saia de minha cabeça, me faltava ar. Eu achei realmente que não conseguiria. Mas os dias, as horas passaram e a Freqüência que pensava em ti diminuia. Até que eternizei em minha mente e coração você. Esse meu sentimento que não pode mas ser libertado, apenas guardado chega a doer a abri novamente as feridas. Me fechei para o mundo, e para o amor muitas vezes, e quando eu tinha alguém nunca conseguir me doar por completa, sempre faltou algo mais. 
  Mas uma vez eu peço, não feche os olhos antes de me ouvir. Não deixei de respirar agora. Nos meus mais profundos desejos preciso de ti. Hoje eu encontrei todas suas cartas, todo aquele amor que passou, se eternizou. E que por mais conturbado que fosse, era o mais mágico, sonhador, puro e verdadeiro que eu senti. No futuro sei que estarei deitada com outro, sei que olharei meus filhos brincando, sei que me entregarei a outro, pensarei em outro, mas meu coração será teu. Não tenho esperanças de que eu sentirei seus braços um dia, que lhe verei dormir. E nem sei explicar tudo, exatamente o que está em minha mente, é fora do entendimento humano, do seu entendimento. Eu apenas sinto. Não pare de respirar, lute, seja forte. Eu ainda quero olhar de longe você sorrir. Quero ver você andar, mesmo que esteja com outro alguém do seu lado. Eu aprendi, que quem ama liberta. Então voa! Voa alto, conquiste o mundo como você me conquistou. Não posso viver minha vida me arrependendo. Eu sei que eu devia ter aproveitando o quando devia, o quanto eu queria. Mas a vida foi injusta conosco, comigo. O arrancou de mim de uma forma bruta e sem pena de deixar cicatrizes. E não posso mas chorar, as lágrimas secaram. E minha alma continuará com você. Eu te amo. É tudo que posso dizer agora, palavras não bastam para tentar explicar, pra tentar meu perdão. Eu te amo além dessa vida, como você nunca vai saber. Por que sei que vou te amar em silêncio até o meu ultimo suspiro.

6 comentários:

Anônimo disse...

perfeito *-*

Bruna disse...

chorei agora :'/
mto lindo grazi
amei seu blog :D

Magno disse...

eu vi esse post, antes dela postar, muito lindo! UAHUAHAUAHUHAHU

Jéssica. disse...

Mtooo lindo Grazi,ahazou!

Thais Alves disse...

"No futuro sei que estarei deitada com outro, sei que olharei meus filhos brincando, sei que me entregarei a outro, pensarei em outro, mas meu coração será teu."

Liindoo , amei tudo aqui , seguindo ;*

Renan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ocorreu um erro neste gadget