sexta-feira, 26 de março de 2010

Não existe palavras



Não existem palavras para definir a dor que sinto. Falta um pedaço de mim. Por que minha única felicidade foi embora? Porque você quer ir? Levando meus sonhos, esperanças, levando minha verdade. Levando o pouco de sanidade que existe em mim. Dói, dói muito. Minha alma, coração, e mente gritam socorro! Por favor você era a ultima pessoa que eu pensava que ia me fazer mal. Agora não consigo mais acreditar nas suas palavras, em você. Onde chegamos? Ontem estavamos rindo juntos e nada nos atrapalhava, hoje choro e te vejo ir embora, levando nossos sonhos, levando-me contigo. Não sei se peço que fique e fale tudo que ja esta cansado de ouvir. Ou peço que vá, peço para me esquecer, e que jogue fora o meu coração que para sempre eu te dei. Ele esas em suas mãos. Minha vida esta contigo. O que me fazia rir, me faz sangrar agora. A luz deu espaço a escuridão. Não sei se choro ou se finjo sorrir. Não sei se amo ou deixo partir.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget